Trabalho de Sombras                         Em alemão

Bemvindos ao Trabalho da Sombra!



Bemvindos

Sobre a facilitadora

Depoimentos

 

 

 

 

Em alemão

Contact


O trabalho de sombras é um método que permite retomar o controle de partes de nós próprios, daquelas que atualmente nos dominam. É uma maneira de conhecermos o circuito de nossa energia emocional e as crenças que cultivamos. Ao tomarmos consciência deste circuito, podemos enxergar as limitações que este nos impõe, quem sabe, desde a mais tenra infância...

Através do trabalho de sombras podemos elaborar o que nos tolhe, ativando assim nosso verdadeiro potencial, nosso poder criador, que jaziam inertes, na sombra. As crianças pequenas conseguem expressar plenamente suas emoções, sem retê-las. À medida que crescem, dão-se conta que algumas de suas atitudes não são mais aprovadas pelos pais, professores ou amigos. Certas emoções como o medo, a raiva, a tristeza e até mesmo a alegria podem ser desaprovadas ou suscitar violenta censura. De posse dessa realidade, a criança passa a guardar essas partes indesejáveis numa espécie de mochila, para não vê-las mais. Assim sendo, todos nós carregamos uma mochila repleta daquilo que supomos não estar autorizados a expressar, praticar ou usufruir. Alguns mal podem mover-se tal o peso acumulado nesta. Outros, não vivem plenamente sua vida, pelo conteúdo da mochila. No entanto, tudo o que se acha nela constitui aquilo que Carl Gustav Jung denominou a sombra.

Nossas sombras são portanto aquelas partes existentes em nós que reprimimos, rejeitamos ou pensamos suprimir. Sem termos consciência disto, investimos muito tempo e energia apenas para manter nossa mochila bem cerrada. A tal ponto de quase não nos sobrar mais forças para vivermos a tão sonhada vida. Considera-se, todavia, que a mochila é necessária para armazenar algumas de nossas sombras. No entanto, quando o peso desta nos exaure, impedindo nosso desenvolvimento, é chegada a hora de abri-la, em lugar seguro, para examinar seu conteúdo e decidir o que deve ser extraído.

O trabalho de sombras é um processo de evolução pessoal que põe a descoberto nossas capacidades latentes. Trata-se de um meio de descobrir nosso panorama interior e trazer à tona o ouro que aí jaz, constituindo-se-nos uma possibilidade de nos tornarmos o que de fato somos. O trabalho de sombras nos confronta às nossas feridas, dúvidas e raivas. Ele nos oferece sobretudo a possibilidade de nos aceitarmos e nos amarmos como somos. Cada sombra contém em seu imo uma pepita de ouro, cheia de energia. Nossas sombras constituem, portanto, minas de ouro, tesouros escondidos, repletos de poderes desconhecidos, criadores e libertadores.

O trabalho de sombras, que se realiza durante um seminário de fim-de-semana, cria um espaço onde cada um pode buscar as sombras de sua escolha e sacá-las lenta- e prudentemente. Este processo cria situações virtuais que permitem experimentar livremente as próprias emoções, sem o temor de conseqüências para a vida real. A presença de assistentes experientes faculta aos participantes deste processo não perderem de vista a finalidade que almejam alcançar.

O grupo, por sua vez, oferece apoio, por animar os participantes, aceitando as situações que emergem sem críticas, nem julgamentos. Um processo é sempre desencadeado pela pergunta do assistente: O que você deseja obter aqui? ou ainda Que deseja que aconteça aqui? A resposta moldará o tema do processo.

É comum o participante responder: quero compreender porque me comporto assim ou quero ser ajudado para desenvolver uma parte de mim mesmo ou desejo trabalhar certas emoções (o medo, a raiva, a vergonha...) ou ainda preciso vencer certos padrões de comportamento.

O assistente, valendo-se de instrumentos próprios, auxilia o participante a reconstruir simbolicamente o seu tema, para identificar a sombra e observá-la objetivamente. Em seguida, propõe técnicas eficazes que propiciam um acesso à energia da sombra, para que o participante possa integrá-la e utilizá-la de maneira proveitosa.

O trabalho de sombras requer ambiente sereno e um clima de confiança, que se preparam com antecedência. Para ser eficaz no trabalho com as próprias sombras, o participante deve sentir-se em segurança e poder confiar no grupo, pois jamais o forçarão a ultrapassar a meta que visa, nem seus limites serão desrespeitados.

A quem pode ser útil este seminário?

  • àqueles que se sentem presos a antigos hábitos e desejam libertar-se
  • aos que se encontram numa crise em sua vida
  • aos que almejam novas metas para suas vidas
  • àqueles que se sentem confusos e têm dificuldades de tomar decisões
  • aos que se sentem desmotivados, esgotados e cuja percepção se encontra embotada
  • aos que creem que, para ser aceitos e amados, precisam agir sempre
  • aos que se sentem desconectados dos acontecimentos e distantes das próprias emoções
  • àqueles que nunca terminam o que começam
  • aos que tem medo de sua ira e da dos outros
  • àqueles que têm a impressão que um mesmo cenário se reproduz em suas relações
  • aos que não conseguem tirar proveito de seu potencial

Os arquétipos

Segundo C. G. Jung, os arquétipos são imagens psíquicas do inconsciente coletivo e constituem um patrimônio comum a toda a humanidade. O trabalho de sombras emprega quatro desses arquétipos: o soberano, o guerreiro, o mágico e o amante, com a finalidade de transformar as sombras. Cada um deles está vinculado à um elemento, e corresponde à energias e emoções que se quer trabalhar.

Marie-Françoise Rosat

É psicóloga formada no Rio de Janeiro. Reside em Munique e trabalha em um centro de formação de professores de línguas. Master em Programação neurolinguística desde 1992, interessou-se por diversas técnicas de desbloqueio para facilitar a aprendizagem. Neste percurso tomou conhecimento do Trabalho de sombras. Ela afirma: fiquei encantada com as transformações profundas alcançadas por este processo. Este trabalho teve grandes repercussões sobre a minha vida pessoal e profissional. Tornei-me mais viva e feliz, sensível aos outros. Minha realização é auxiliar outras pessoas a expandirem seu potencial e ter uma vida de plenitude. Marie-Françoise é uma das poucas formadoras certificadas em Shadow Work® do continente europeu.

Para maiores informações sôbre o trabalho ou sôbre os próximos workshops em português, nâo hesite em entrar em contato com:

Marie-Françoise Rosat
Strassbergerstrasse, 20
D 80809 München
Alemanha
Tel: + 49 89 18 99 94 66
mfrosat@aol.com


 

Contact   Em alemão
6.7.2008. Para tomar conhecimento do Trabalho da Sombra em outros países, queira visitar o site www.shadowwork.com.